SHIP FROM STORE: CONHEÇA A PLATAFORMA DE ENTREGAS EXPRESSAS QUE VISA OTIMIZAR O PROCESSO DE COMPRAS NO E-COMMERCE

pessoa entregando uma encomenda a um cliente

 

Fonte: Logweb

A solução visa alavancar o índice de satisfação entre os clientes e consumidores brasileiros.

 

As condições de entrega também explicam grande parte das compras não finalizadas na internet — mais de 70% dos consumidores abandonam o carrinho de compras sem finalizar a transação, segundo a Barilliance. “Quanto mais rápida for a entrega, sendo ela feita de maneira transparente e com bom relacionamento entre loja e consumidor, maior será o grau de satisfação dos clientes, gerando assim novas vendas e um possível aumento de faturamento no médio prazo”, aponta Fernando Sartori, founder da Uello, transportadora digital que utiliza tecnologia para melhorar a entrega de produtos pelo e-commerce.

O crescimento do comércio eletrônico no país, que em 2021 está estimado em torno de 38% pela Confederação Nacional do Comércio, ainda não é acompanhado de uma melhora na logística de distribuição e entrega de produtos. A Black Friday foi um grande exemplo disso. Em poucas horas, na tarde do dia 26 de novembro, o Procon-SP recebeu centenas de reclamações e 25% delas estavam relacionadas a atraso ou não realização de entregas. No site Reclame Aqui, não foi diferente. O número de reclamações foi 20% maior do que as registradas na Black Friday de 2020 e o atraso na entrega de produtos liderou as queixas dos internautas — representando 20,9% das reclamações.

Como alterar esse cenário e aumentar o índice de satisfação dos clientes e consumidores?

Pensando em melhorar esse cenário, a startup Uello oferece solução na modalidade logística “ship from store” e hoje é responsável por viabilizar esse sistema para marcas como Arezzo, Etna e Dr. Consulta, por exemplo, diminuindo o tempo das entregas e provendo melhor experiência. Nesse modelo, o cliente faz a compra pela internet e o varejista, em vez de enviar a mercadoria a partir de um centro de distribuição, muitas vezes distante das capitais e dos locais de destino, envia o produto de uma loja física ou unidade que esteja mais próxima do endereço do consumidor.

“É um sistema que permite entregas mais rápidas, porque planeja a distribuição de forma inteligente e descentralizada. A lógica é simples: o produto sai do local que estiver mais perto da entrega. Muitas vezes o cliente mora ao lado de um shopping ou de uma loja de rua, então por que esperar dez dias para receber a encomenda, se a mercadoria está disponível tão perto da sua casa?”, explica Sartori.

O especialista afirma que o sistema depende de uma gestão integrada e eficiente do estoque, mas que, se bem gerenciado, é uma ótima solução, principalmente para o omnichannel. “As lojas físicas passam a ser centros de distribuição de qualquer canal de comercialização do negócio. Uma empresa pode vender pelo site, whatsapp, instagram, seja por onde for, e oferecer uma entrega mais rápida e conveniente, enviando o produto da loja física mais próxima. Isso aumenta a satisfação do cliente e ainda reduz o risco de cancelamento da compra durante a espera pelo produto”.

Como os varejistas podem adotar essa logística

Para os varejistas que ainda não adotaram o ship from store em seus negócios, a Uello dá algumas dicas:

1 — Planeje e identifique o quanto seu negócio é capaz de fazer

Parece simples, mas até mesmo o espaço disponível nas lojas físicas para estocar mercadoria, embalar produtos e etiquetar os pacotes faz a diferença no planejamento. É importante fazer essa avaliação e dimensionar o que o negócio tem condições de implementar na prática. Deve-se definir também quais lojas físicas servirão como centros de distribuição, conforme a região geográfica em que se localizam.

2 — Capacite os funcionários das lojas físicas

Com o ship from store, o time das lojas físicas passa a se envolver com uma operação até então desconhecida. E esses funcionários precisam ser treinados para atender a nova demanda, desde o aspecto mais simples, como a separação e a embalagem do produto, até pontos mais sensíveis, como a manipulação de sistemas de gestão do estoque.

3 — Faça uma gestão de estoque eficiente

Para poder usufruir dos benefícios do ship from store, é fundamental que o negócio tenha um controle eficiente de estoque e uma logística de reposição adequada. É importante também que o sistema de gestão automatize decisões estratégicas como, por exemplo, direcionar a entrega para a segunda loja física mais próxima, quando a primeira da fila está impossibilitada de fazê-lo.

4 — Selecione parceiros que facilitem a logística

De nada adianta sua operação estar pronta para entregar no sistema ship from store, se seu negócio não tem parceiros que ajudem a reduzir os prazos de entrega e aprimorar a experiência. Priorize fornecedores reconhecidos no mercado e dê preferência aos especializados em entregas “same day” e “next day” (ou “mesmo dia” e “dia seguinte”), pois isso certamente fará a diferença na fidelização dos consumidores — há uma parcela substancial deles que pode estar disposta a pagar um pouco a mais para ter a compra em mãos mais rápido.

link original 

TALVEZ POSSA TE INTERESSAR:

SE INSCREVA EM NOSSA NEWSLETTER